As pessoas que deixam legado, são as pessoas que sonham alto.

Não sonham com dinheiro, isso é ambição.

São pessoas que pensam fora da caixa, que veem o mundo como algo palpável.

Elas não desistem após a primeira derrota. Nem após a segunda, terceira, centésima primeira.

As derrotas não deixam marcas profundas, na verdade, elas impulsionam para frente, para a próxima tentativa, moldam o caráter, ensinam.

Elas não querem ser o gado. Elas querem ser o boiadeiro.

Não querem ser o rato no laboratório. Elas são os cientistas.

Quando alguém manda-os voltar para a realidade, elas distanciam-se mais.

Nascemos iguais; ser ordinário, medíocre, comum, é uma escolha.

Alcançar um sonho nem sempre é possível, mas, os que tentam alcançá-lo, fazem a diferença.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *